segunda-feira, 13 de julho de 2009

Travessia dos Olhos Noturna - Pedra da Gávea

Mais uma vez, dessa vez em nova companhia e motivado pela forte energia e luminosidade da Lua Cheia em Câncer, foi realizada a "Passagem dos Olhos" (como contado em postagem anterior).

Panorâmica do visual no cume da Pedra da Gávea

A via é localizada na Pedra da Gávea e normalmente é chamada de "Travessia dos Olhos" pelos escaladores que conheço. Abençoada com um visual deslumbrante da cidade, onde a noite as luzes da babilônia formam um grande vitral hiper estímulante a céu aberto e durante a alvorada o mais sublime e corriqueiro ciclo se renova, enchendo os olhos de inspiração e vida, essa via se torna mais que uma escalada e esse lugar mais do que apenas uma montanha cercada de mitos e lendas.

Nascer do sol visto do Olho do Imperador na Passagem dos Olhos

O mais interessante é que dessa vez nada foi combinado e as coisas fluíram de forma leve e suave de acordo com o que estávamos esperando. Me encontrei com meu amigo, Lucas "Jah", em sua casa para jantar e trocar idéias acerca da escalada e da vida. Papo vai papo vem, do nada surgiu a vontade de aproveitar aquela noite perfeita que fazia, já que, além de estarmos vivos e motivados o clima era ameno e o céu totalmente estrelado sendo regido por uma intensa Lua Cheia, não exitamos em partir assim que possível.

Escalador ao amanhecer no Olho do Imperador

Como "Jah" mora bem próximo da montanha, cerca de 50 metros do acesso, não demoramos muito em começar a trilha. Outro fato interessante foi que levamos apenas uma lanterna de cabeça (head lamp) para backup e nem preciso falar o porque né! A luz da Lua parecia um poste acesso sobre nós e a visibilidade era incrível, até parecia dia.

Subimos a trilha muito rápido - talvez uma das vezes que subi em menos tempo - mesmo sem ter pressa para chegar ou para voltar nosso ritmo era constante e agradável. Levamos apenas o mais básico equipamento e suprimento: corda, alguns mosquetões avulso, sapatilha, casaco, o "Jah" levou seu saco de dormir, água e um pedaço de rapadura era tudo o que precisávamos para escalar com segurança e passar uma noite divertida e tranquila de sono no "Olho do Imperador".


Vídeo com resumo da escalada na via "Passagem dos Olhos", Pedra da Gávea

A escalada foi, também, muito rápida e tranquila principalmente por fazermos tudo a francesa com uma corda bem curta. Logo que chegamos ao platôr do olho esquerdo (para quem vê virado de frente para a pedra) preparamos o esquema de segurança para passar a noite e nos acomodamos devidamente em nosso bivaque. Em pouco tempo uma "multidão" de pessoas começaram a dar o ar da graça pela trilha em direção ao cume, todos motivados pela mesma energia.

Acendemos uma vela para dar suporte a ritualística leitura, dividimos um pequeno pedaço de rapadura para energizar o corpo, agradecemos a Deus todas as coisas que nos levaram a estar ali e em pouco tempo já estava apagado no mais tranquilo sono profundo.

Ao acordar, mais uma vez, fomos afortunados com o mais belo nascer do sol. Logo em seguida tocamos o cabo de aço que dá acesso ao cume e lá interagimos com as possíveis mais de 30 pessoas que também tinham dormido lá para vislumbrar a energia lunar e o nascimento de mais um dia, concluindo assim mais um ciclo planetário, e portanto, mais um dia em nossas vidas.

Escalador vislumbrando os primeiros raios de sol do Olho do Imperador

Ao concluir a descida da trilha, ainda tomamos um revigorante banho de cachoeira para começar o dia com entusiasmo, bom humor e força total.

Fica a sugestão e o incentivo aos loucos de preda que ainda não tiveram a oportunidade de praticar esse passeio noturno maravilhoso, com inesquecíveis paisagens, agradável escalada e excelente exercício mental e físico, além é claro, de bons momentos para recordar.

Fotos e Vídeos: Arquivo pessoal.



Por Bernardo Biê

Um comentário:

  1. parabens pelo blog, esta mt foda! altas imagens!! altas trips!!

    ResponderExcluir